Ideias tortas

Nem mesmo entre palavras e cenas, foi possível esconder o lobo
Lá estava todo exposto
Facilmente já despido de seu dócil carneirinho
Escancarado em dentes, olhares e sorrisos, a gula tornou-se tão gritante quanto a intenção

Ah, estes sorrisos
Conheço-os tão bem. Reconheço como espelho
Confinados no movimento da cidade, seguros e inseguros num instante claustrofóbico de tão curto

Opressivo de tão óbvio

Não restou impunidade sequer no silêncio
Melhor partir depressa. Rápido.
Antes que superestime minhas tolices, antes que acredite que sou tão simples assim de decifrar
Antes que eu delicie-me demais com o desvario das ideias mais tortas e estúpidas
As mais divertidas e memoráveis

Um jogo? Uma brincadeira?
Nem mesmo isso
Quando dois predadores encontram-se, torturados pela fome, ambos e nenhum são caça
Ambos e nenhum são caçadores
Prova um pedaço da boca e foge. Provocação dissimulada
Reconhecem-se educadamente para a próxima caçada

Gravei uma versão em áudio disponível aqui.

By | 2017-08-02T02:54:29+00:00 maio 26th, 2014|Rabiscos|0 Comments

About the Author:

Leave A Comment